Marcar 1ª Consulta

Recupere o seu sorriso

Implantologia é a especialidade da medicina dentária dedicada a restabelecer a função de mastigação e estética perdida, devido a ausência de um ou mais dentes, através da implantação cirúrgica de implantes em titânio sobre os quais, posteriormente, serão colocadas peças protéticas em substituição aos dentes perdidos.

Ao redor do titânio ocorre a osteointegração que é caracterizada pela formação de tecido ósseo que irá incorporar este material ao organismo.  A colocação de implantes permite diversas soluções para reposição de dentes.

Para substituir um dente perdido um Implante dentário é colocado dentro do osso, funcionando como uma infra-estrutura onde uma “coroa cerâmica” é instalada por cima.

implante_unitario

Podemos substituir vários dentes através da colocação de dois ou mais implantes dentários.

Pode ser colocado um implante por cada coroa dentária a ser colocada.

implantes_varios_dentes

Com a colocação de menos implantes pode ainda ser feita uma ponte, com alguma das coroas dentárias suspensas.ponte_sobre_implante

Mesmo para quem já usa prótese removíveis a colocação de implantes dentários são uma óptima solução para retenção da mesma, recuperando assim a confiança e conforto na sua utilização. A colocação de apenas dois implantes permite utilizar os seguinte sistemas de retenção: Barra, Bola ou Lockator.

protese_removivel_sobre_implantes

Os mesmos sistemas descritos acima podem ser utilizados com recurso a mais implantes e a partir dos 4  já é possível, para além de reter, suportar toda a prótese tirando assim a carga da prótese sobre a gengiva.

protese_removivel_suportada_sobre_implantes

As próteses removíveis sobre implantes tem como principais vantagens a facilidade de higienização bem como o custo reduzido.

As Próteses Totais Fixas sobre implantes (protocolo sobre implantes) podem ser feitas de vários materiais, como acrílico ou porcelana, tendo sempre uma estrutura de suporte em metal que confere resistência. Os materiais utilizados dependem sempre do número de implantes utilizados e da quantidade de osso disponível para seu suporte. As próteses podem reproduzir a gengiva, em casos em que já houve perda óssea considerável, ou apenas os dentes.

                                         protese_fixa_sobre_implantesprotese_fixa_sobre_implantes_sem perda_ossea

A vantagem principal das Próteses Totais Fixas é o conforto de utilização pois a sensação é a mesma de ter dentes naturais. Actualmente utilizamos a técnica “All on 4″ que permiteo suporte de uma prótese total fixa suportada em apenas 4 implantes, sendo assim possível colocar próteses fixas em pacientes com muito pouco osso de suporte. Para saber mais sobre esta técnica clique aqui!

Qualquer pessoa com um nível de saúde razoável que quer repor um dente perdido. É necessário ter quantidade de osso disponível no lugar onde o dente foi perdido de modo a ancorar o implante. Muitas vezes é necessário realizar levantamento do seio maxilar ou enxerto ósseo previamente, principalmente em casos que há ausência dentária prolongada. A ausência dentária prologada, e consequente perda óssea, é o principal motivo limitante para a colocação de implantes.

perda_ossea_dente_unitarioperda_ossea_ multiplos_dentes

Para avaliação de nível ósseo realizamos na clínica, durante a sua consulta, a ortopantomografia (raio-x panorâmico) de forma a avaliar com precisão quais os procedimentos necessários para o seu caso.

O benefício mais óbvio é na melhoria instantânea da função mastigatória. Tem sido estudado que enquanto as pessoas com próteses removíveis (dentaduras)  mastigam com somente 20% da força que teriam com seus dentes naturais, enquanto que pessoas com implantes podem mastigar com 85% a 95% da força que teriam com seus próprios dentes.

Mas existem muitos outros benefícios. Um problema comum de quem usa “dentaduras” é a falta de estabilidade, particularmente das próteses inferiores. Estas ficam equilibradas entre a língua os músculos e os lábios. A insegurança resultante da perda dos dentes naturais pode ser eliminada utilizando implantes, pois para muitas pessoas o verdadeiro desconforto é ter que usar uma prótese removível.

A perda dentária pode também produzir mudanças faciais levando ao envelhecimento precoce e ao colocarmos implantes o mais brevemente possível após a extração ou perda dentária, evitamos a perda do tecido ósseo de suporte. Qualquer pessoa que usa “dentaduras” sabe o quanto os dentes são importantes. A gengiva e o osso alveolar servem como suporte dos lábios e das bochechas e da parte inferior da face. A perda dessas importantes estruturas dá a pessoa uma aparência de envelhecimento prematuro e isto em muitas pessoas causa angústia e perda da auto estima.

atrofia_ossea_face

As próteses implanto-suportadas retardam o processo de envelhecimento e melhoram a auto estima. Os benefícios funcionais são óbvios, mas para muitas pessoas, os benefícios estéticos e emocionais são mais importantes.

A taxa de sucesso dos implantes varia entre 90% a 100% dependendo da qualidade do osso, do implante e da cirurgia.

Os procedimentos cirúrgicos actuais para colocação de implantes são feitos sob anestesia local e sem nenhum tipo de dor. Quando a anestesia passa, mais ou menos três ou quatro horas depois, pode haver algum desconforto. O nível do desconforto difere bastante de paciente para paciente, mas a maioria dos pacientes não sentem dificuldades significativas tomando apenas um analgésico. Os procedimentos cirúrgicos para a colocação ou instalação de implantes é confortável para o paciente. Quando a cirurgia é pequena e rápida, (poucos implantes), normalmente é feito com anestésico local. Quando a cirurgia é grande e demorada ou seja mais de duas horas, normalmente é feito com anestésico local associado com sedação feita pelo médico.

Ocasionalmente alguns implantes sofrem rejeição. Na maioria dos casos pode ser colocado um novo implante, normalmente um de diâmetro mais largo. Quando bem planeado, a taxa de fracasso dos implantes varia entre 1 a 2% somente.

Algumas vezes para um implante ser colocado é necessário fazer crescer osso na área do implante para se ter sucesso na sua osteointegração. O procedimento de fazer crescer osso é chamado de enxerto ósseo, sendo este um procedimento muito comum actualmente na  implantologia e na periodontia.

Enxerto_osseo_1Enxerto_osseo_2

Especialidade (para escolher varias prima ctrl)

Data preferencial para a consulta (ex. terça-feira dia 3 de outubro..")

Periodo preferencial para a consulta

Mensagem ou dados adicionais